2009/09/02

PARANÓIA OU DELÍRIO?

"Não é a crise que justifica a situação em que o país está", disse a
Velha Senhora ontem, em Faro. Se não é a crise, então porque anda
o senhor Sarkozy, mister Gordon Brown, señor Zapatero, mr. Obama
e tantos outros a "salvar o sistema financeiro"? É a crise do capitalismo
ou não? Que pretendem eles, senão a salvação do sistema financeiro
para, assim, salvarem o que resta da economia?. Só a Velha Senhora
parece não perceber, isto é, ela percebe, mas faz de todos nós parvos.
A aspirante a Dama de Ferro está paranóica. Em Faro fez afirmações
delirantes. Pelo que eu li, "se o engenheiro Sócrates" ganhar as eleições,
vamos viver numa tirania... Sócrates, pelo que depreendo das palavras
da Velha Senhora, tem um chicote guardado para, saindo vencedor,
"retaliar", impondo, assim, aos seus adversários, chicotadas na praça
pública... "Diria que quase fico assustada com essa hipótese", disse a
Velha Senhora, num delírio estílo "antóniomariacardoso". Não haverá
quem possa aconselhar esta alma penada, (que vê inimigos em todo o
lado, sente "uma asfixia" geral, percebe o cheiro da censura, e vê sinais
de uma ditadura disfarçada) no sentido de ser observada por um
especialista em doenças paranóicas? Ela fala com medo, fala baixinho
com medo de ir para o Aljube -- mas os portugueses e a UE pensam
que Portugal é uma democracia. Estude-se este caso, caramba!...
Segundo diz a Velha Senhora, "as pessoas receiam falar, não ousam
discordar do engenheiro Sócrates. Isto nunca se passou desde o 25 de
Abril" -- lamenta-se a Velha Senhora. Chamem um psiquiatra, não
vá o diabo tramar-nos, dando a vitória eleitoral a uma Velha Senhora
que sonha com os procedimentos de uma ditadura.

A Velha Senhora sonha com ditadores de todas as cores e feitios.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial